Home » Produtividade » Como ser mais disciplinado?

Como ser mais disciplinado?

Todos temos pontos fortes e pontos fracos. Ser disciplinado é um dos meus pontos fortes. Algumas pessoas já me perguntaram como consigo manter esse nível de disciplina. Depois de um tempo sem saber o que responder, resolvi procurar uma resposta.

Como ser mais disciplinado

O que é disciplina? No dicionário da língua portuguesa, é possível encontrar algumas definições para a palavra “disciplina”. Seguem abaixo as três primeiras (e mais importantes) descrições:

1. conjunto de regras ou ordens que regem o comportamento de uma pessoa ou coletividade

2. observância das regras; obediência

3. capacidade de controlar um determinado comportamento de forma a respeitar regras ou conseguir resultados

Observe que todas estão relacionadas com seguir “certas regras”. O dicionário não especifica que regras são essas. Esse ponto é muito importante: é possível que você seja disciplinado para certas regras e que seja indisciplinado para outras.

Todos somos muito disciplinados no que se refere a seguir regras nas quais acreditamos, enquanto que somos indisciplinados em relação àquelas em que não acreditamos.  O acreditar, no entanto, não pode ser um “acreditar” superficial; pelo contrário, deve ser um acreditar profundo, encontrado em nosso subconsciente e conectado com o que realmente acreditamos que seja melhor para nós.

Regras superficiais x Regras profundas

Imagine dois motoqueiros: o primeiro apenas conhece a “regra” que manda ter cuidado ao andar de moto; o segundo, no entanto, tinha um amigo que morreu em um acidente de moto, além de já ter feito várias visitas a motoqueiros hospitalizados. Esse segundo motoqueiro acredita profundamente na regra “tenha cuidado ao andar de moto”. Ele será, provavelmente, muito mais cuidadoso e disciplinado que o primeiro. A disciplina de ser extremamente cuidadoso no trânsito será instintiva para esse, enquanto que para o outro ela não virá tão naturalmente assim.

Se você deseja, então, ser mais disciplinado em algum aspecto de sua vida, é importante reconhecer as regras que são importantes para você e redirecioná-las. Em algumas questões sou disciplinado por ter vivido momentos marcantes, que me levaram a acreditar profundamente nestas “regras”. Existem, no entanto, outras questões em relação às quais sou disciplinado por inserir, contínua, intencional e proativamente, suas regras dentro do meu subconsciente.

Pode ser muito difícil ir à academia no final de semana, por exemplo, se você não tiver uma boa e consistente “regra” que o direcione. Você precisa ter um objetivo forte (ficar sarado? Cuidar da saúde? Emagrecer?), precisa acreditar que esse é o caminho, precisa acreditar que aquele objetivo é possível e precisa manter estas questões “frescas” na mente. Se elas não estiverem fortemente marcadas em sua mente, você precisa coloca-las ali intencionalmente.

Se o objetivo de ter um corpo sarado te empolga, se você sabe que ir à academia no final de semana te deixará mais próximo dele, se você acredita que dentro de certo tempo estará com o corpo desejado, se ele está claro na sua mente, se é fácil visualizá-lo, se o exercício físico em si te trazer bons pensamentos, então não só será fácil ir à academia em um sábado de manhã, como será empolgante! Da mesma forma, será relativamente fácil recusar doces em uma festa cheia de bolos e brigadeiros (mesmo que você ame doces!).

Fortaleça suas regras

É possível, no entanto, que você acredite apenas superficialmente na regra (no caso, não comer muitos doces, ou ir à academia no final de semana). Se assim for, é importante torna-la mais forte; é importante acendê-la em sua mente. Para tanto:

1. Visualize e viva seu objetivo;

2. Visualize o caminho que deseja seguir;

3. Acompanhe seus resultados;

4. Entenda profundamente suas razões;

A maioria dos seres humanos é visual. Se esse for seu caso, crie um modelo visual do seu objetivo. Viva mentalmente seu objetivo para garantir sua disciplina. Seguir ou não seguir disciplinadamente uma regra está intimamente associado as suas razões. Se sua razão para segui-la for forte, sua regra será forte e, consequentemente, sua disciplina. Crie uma boa razão. Entenda a sua verdadeira razão. Descubra se essa razão é forte, se ela significa realmente algo para você.

Para manter sua disciplina viva, mantenha suas regras ativas em sua mente mantendo sempre claras as suas razões. Como diz Michael Hyatt: “You lose your way when you lose your why” (você perde seu caminho quando perde seu “por que”).

Além de ajudá-lo a se manter saudável e propiciar um bom convívio social, a disciplina é importante para quando você tiver alguma meta, algum sonho. Ela é a força que te ajudará a se manter na estrada certa, a percorrer o caminho mais curto para atingir seu objetivo.

Não espere a vida “criar” uma razão para você ser mais disciplinado, como um acidente de moto ou um ataque cardíaco. Não espere algo acontecer para fortalecer suas “regras”. Seja proativo: defina e mantenha você mesmo suas razões.

Leia no artigo “Mantenha a motivação!” uma ótima ferramenta para se manter motivado, mantendo suas razões ativas em sua mente. Para mais detalhes sobre como criar e manter suas razões vivas em sua mente leia também o artigo “5 passos para alcançar seus sonhos!”.

Em qual campo você gostaria de ter mais disciplina? Qual “regra” você gostaria de fortalecer primeiro?

Comente!

Posted in Produtividade, Sonhos and tagged as , , ,
  • Oscar Filho

    Muito bom! Com certeza a diferença entre as pessoas que alcançam seus objetivos e aquelas que não alcançam está na disciplina. Parabéns pelo blog.

    • http://rafaeldanigno.com.br/ Rafael Danigno de Paula e Silv

      Que bom que gostou, Oscar! Abraços!

  • Barbie Californiana

    Sem dúvida sem disciplina não se consegue nada.
    Muito útil e motivadoras suas dicas, Rafael! abraços e bom final de semana