Home » Sonhos » 4 dicas de como não desistir nos períodos difíceis

4 dicas de como não desistir nos períodos difíceis

Veja como ter uma perspectiva diferente dos problemas de sua vida!

não desistir

A vida é menos como uma linha reta e mais como uma montanha russa. Existem momentos em que você está pra baixo, quando os obstáculos parecem ser mais difíceis, quando tudo parece impossível. São os momentos de baixa, quando, inconscientemente, você opta por ser pessimista.

Existem também momentos em que tudo vai bem, quando os objetivos parecem fáceis de serem alcançados, quando tudo parece fluir com uma naturalidade impressionante, quando o impossível parece estar logo ali, ao seu alcance! Esses são os momentos de alta, quando é fácil ser otimista!

Há um ditado chinês que diz o seguinte: “Você não pode impedir que os pássaros da preocupação e da tensão voem ao redor da sua cabeça, mas você pode impedir que eles façam ninhos em seus cabelos!”. Leia a seguir 4 dicas de como mudar a perspectiva nos períodos difíceis!

1. Se expresse diferente

Já escrevi aqui no blog sobre a importância da mudança de perspectiva. Nossas ações estão presas àquilo que sentimos, à forma como enxergamos as situações ao nosso redor.

Imagine, então, se ao invés de enxergar as subidas e descidas da vida como períodos bons e ruins, você as percebesse como períodos fáceis e difíceis? Assim, ao passar por um período ruim, você evita pensar que “a vida está ruim”, mudando para “a vida está ótima, estou apenas passando por um período difícil”.

Veja que essa opção não é uma característica de toda a vida (“a vida é difícil”), mas apenas de um período específico. Também não é uma situação necessariamente ruim, apenas mais difícil.

Em uma estrada que liga duas cidades existem partes em que a pista é dupla, larga, bem sinalizada e o asfalto é ótimo. Nesses pontos de alta, é fácil avançar. Já nas partes em que a pista é de mão dupla, apertada, onde mal cabem 2 carros, e cheia de curvas e buracos, naturalmente se torna mais difícil avançar.

Em alguns momentos você andará mais rápido, mais relaxado, enquanto que em outros você andará lentamente, precisando se concentrar mais, se esforçar mais. Veja que independentemente do ponto em que se está, o importante é que você estará avançando, se aproximando do seu objetivo!

2. Aproveite para crescer

Procure enxergar os períodos difíceis como oportunidades de crescimento! Como já comentei em outro post, o crescimento está sempre associado a grandes esforços! Para desenvolver o músculo, por exemplo, é necessário ir à academia e força-lo ao máximo.

Já ao subir uma escada, o esforço é feito somente quando você levanta seu pé para o próximo degrau. Aquele é o momento mais difícil e, no entanto, é o passo fundamental para você alcançar o topo.

Curta e saboreie os períodos de alta, mas entenda que é principalmente nos períodos de dificuldades que lhe será demandado o esforço necessário para crescer e se desenvolver.

3. Dê atenção ao longo prazo

Não fique preso ao hoje, procure sempre analisar o longo prazo. Em uma vida de altos e baixos, o importante não é se hoje, essa semana, esse mês ou esse ano está sendo difícil, mas sim se na soma dos resultados você está se aproximando do seu objetivo.

Encare seus períodos de baixa apenas como “pedras no caminho”. Não desista! E mantenha-se focado. Lembre-se do que dizia Henry Ford: “Os obstáculos são aquelas coisas terríveis que você vê quando desvia os olhos do seu objetivo”.

Veja na imagem abaixo a “montanha-russa” de duas pessoas, com seus altos e baixos. “A” (em azul) está crescendo e se desenvolvendo, enquanto que “B” (em vermelho) está piorando com o passar do tempo.

períodos difíceis

Imagine que o corte destacado em “A” representa uma semana difícil. Essa semana por si só não permite avaliar o todo. Ao avaliar somente a semana difícil (parte destacada) pode-se concluir erroneamente que a pessoa não está progredindo.

O mesmo ocorre no caso de “B”. Ao avaliar somente a semana boa (destacada em vermelho), pode-se concluir, também erroneamente, que a pessoa está progredindo, enquanto que, na verdade, no longo prazo, ela está regredindo.

Somente ao considerar o longo prazo, visualizando o todo, você conseguirá realmente entender se está progredindo ou não. Avalie seu crescimento definindo indicadores para sua vida e acompanhando-os periodicamente.

4. “Pronto, melhorei!”

Assegure-se de não estar inconscientemente se iludindo, acreditando que por estar em um período de alta não haverá mais períodos de baixa. É importante estar consciente de que a vida não é uma linha reta. Reduza seu nível de frustração aceitando que ela é feita de altos e baixos.

Não tente evitar a “montanha-russa”; procure, ao contrário, aprender a lidar com ela! Seus resultados, seus objetivos, seus sonhos, dependem disso!

Em qual fase da montanha-russa você está hoje? E no longo prazo, você está realmente crescendo?

Comente!

Posted in Sonhos and tagged as , , ,
  • Gérson Worobiej

    Incrível a Sincronicidade!
    Este começo de ano esta sendo uma período de baixa.
    Muitas dúvidas e questionamentos. Pedi muitos conselhos, dei alguns!
    Obrigado pelo post. Vou imprimí-lo e fixá-lo no mural da empresa. Além de passar para os amigos mais próximos.
    Valeu.
    Grande abraço.

    • http://rafaeldanigno.com.br/ Rafael Danigno de Paula e Silv

      Maravilha, Gérson! Que bom que serviu para seu momento! Abraços!

  • Pingback: Dica “bônus” de como não desistir nos dias difíceis | Rafael Danigno()