Home » Sonhos » Do fundo do coração: curta a vida curta!

Do fundo do coração: curta a vida curta!

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.” (Charles Chaplin)

Curta a vida curta

Em meu último artigo, escrevi sobre os “5 arrependimentos antes de morrer”. Mesmo sabendo que não querem chegar ao fim da vida cheias de arrependimentos, muitas pessoas passam a vida pensando: “tenho todo o tempo do mundo para agir”.  E acabam sempre deixando para agir “amanhã”.

Você acha que tem “todo o tempo do mundo” para agir? Você é do tipo que faz hoje ou do que empurra para amanhã? Acredite, quanto mais tempo você achar que tem, e quanto mais você postergar, menos tempo terá. É matemático!

Comece a agir hoje. Seu “prazo” não é eterno e, na verdade, a vida é curta!

A vida é muito curta pra você não começar hoje a ter controle sobre o seu dinheiro! A vida é muito curta pra você passá-la jogando seu dinheiro fora!

A vida é muito curta pra você não gostar do seu trabalho! A vida é muito curta pra você fazer algo que não te dá prazer! Na segunda-feira quando acorda, é para fazer algo de que gosta? Você busca trabalhar com quem gosta, ou gostar das pessoas com quem trabalha? Você se sente animado para trabalhar? Ou será que já passou da hora de procurar fazer algo que realmente importe pra você?

A vida é muito curta para investir mal o seu tempo. Quais são as suas prioridades na vida? Quantas horas você trabalha por semana?  Está satisfeito, ou gostaria de trabalhar menos horas? Quanto tempo você gasta em barzinhos e saídas? É aí mesmo que você quer “investir” seu tempo?

A vida é muito curta para deixarmos as turbulências do dia a dia tomarem conta.

A vida é muito curta para perdermos tempo fazendo errado as coisas erradas!

A vida é muito curta para vivermos presos “no mundinho de nossas cabeças”.

A vida é muito curta para vivermos direcionados e dominados pelo medo. Temos medo de errar. Temos medo de passar vexame. Temos medo de levar bronca. Temos medo de receber um “não”. Temos medo de não gostarem de nós. Temos medo de sermos julgados, de nos expor, de parecermos malucos. Temos medo de nos frustrarmos. Temos medo de tentar e não conseguir. Temos medo de não sermos correspondidos…

Como dizia Charlie Brown Jr.: “O medo cega os nossos sonhos”. Acho inclusive que “o medo segue os nossos sonhos” e faz de tudo para evitar que eles se realizem. A vida é muito curta para ser desperdiçada com medo – um medo que acaba por nos paralisar. Corajoso não é aquele que não tem medo; esse é o imprudente, o arrogante. Todos temos medo. Corajoso é o que tem medo e, mesmo assim, dá o próximo passo.

A vida é muito curta para não sermos sinceros, para não sermos honestos, para não sorrirmos. Com quem você convive no seu dia a dia? Pra quem você sorri? Com quem você brinca? Quem você abraça? Com quem você é honesto? Com quem você é sincero? E para quem você fecha a cara? Do que você reclama?

Pense no quanto a vida é curta para ignorarmos o que realmente importa e nos incomodarmos com coisas pequenas.

A vida é muito curta para não investirmos tempo em descobrir o que realmente importa.

A vida é muito curta para não sonhar! Quão claros são seus sonhos, seus desejos? Você sabe o que realmente quer? Como escreveu Lewis Carroll em “Alice no País das Maravilhas”: Se você não sabe exatamente onde quer chegar, não importa o caminho que deve seguir”.

Com certeza, se não souber exatamente qual a direção deseja seguir, não fará muita diferença escolher dobrar à direita, à esquerda ou seguir reto. Sem uma meta que tenha significado pessoal, que esteja dentro do seu coração, dentro da sua alma, você não terá força suficiente para decidir qual o caminho a tomar. E a vida é muito curta para se ficar dando voltas aleatórias por aí.

A vida é muito curta para se perder tempo sonhando pequeno. Pior que mirar alto e errar é mirar baixo e acertar. Quanto você se conhece? Quanto você acredita em si mesmo? Charlie Brown Jr. dizia também: “para quem tem pensamento forte, o impossível é só uma questão de opinião”.

A vida é muito curta para viver com o “não consigo” na cabeça, para ter preguiça de pensar na “terceira alternativa”.

A vida é muito curta pra deixar pra agir lá na frente. A vida é muito curta pra achar que seus sonhos irão simplesmente acontecer um dia! A vida é muito curta pra ficar empurrando suas ações pro futuro! Você age? Quanta importância você dá para as coisas que realmente deseja? Quanto do seu tempo é dedicado para elas?

Você está lendo um texto e não tem para quem mentir, a não ser para si mesmo. Responda, então, honestamente: sua vida está caminhando na direção que você sonhou?

O que você pode fazer esse mês, essa semana, hoje, agora, para tentar garantir que lá na frente não irá se arrepender do que viveu?

A vida é muito curta para negligenciarmos a importância de um olhar profundo para dentro de nós mesmos,. O momento é este,; o passado já ficou para trás e o futuro será a consequência do estar atento e começar a agir no agora. Portanto, mãos à obra!

 

Do fundo do coração: defina onde quer chegar, e aja! Mas aja de verdade e agora!

Qual é o seu próximo passo?

Comente!

Posted in Sonhos and tagged as , ,
  • Ana Karenina (Karê)

    Nossa, Rafa! Fala a verdade, vc escreveu esses últimos dois pra mim, né?? rsrs. Realmente são reflexões que eu me faço sempre. Porque eu deixo meu medo me dominar tanto? Porque eu simplesmente não consigo encontrar o caminho que eu quero seguir? Talvez seja realmente a falta do objetivo claro que faz isso acontecer!! Mto obrigada pelo texto!! Inspirador! Bjosss

    • http://rafaeldanigno.com.br/ Rafael Danigno de Paula e Silv

      Que bom que gostou, Karê! Normalmente é isso mesmo: a falta do objetivo claro como água!
      Bjos!

  • Barbie Californiana

    Também penso assim (curtir a vida curta), Rafa!
    Mas confesso que, às vezes, dou uns deslizes, sabe? Só que quando percebo, tento corrigir por mim mesma e aprendo a lição… enfim, admito que não sou perfeita e erro! Abraços e lindo final de semana.

    • http://rafaeldanigno.com.br/ Rafael Danigno de Paula e Silv

      Realmente, Barbie, errar faz parte de curtir a vida! Só não erra quem não vive!

  • Rosangela Leao

    Muito bom Rafael, amei!

    • http://rafaeldanigno.com.br/ Rafael Danigno de Paula e Silv

      Que bom que gostou, Rosângela! :)