Home » Sonhos » Facilite sua vida lembrando do longo prazo!

Facilite sua vida lembrando do longo prazo!

Você já ouviu falar da experiência do Marshmallow?

foco no longo prazo

No final da década de 60, o psicólogo Walter Mischel fez uma série de experimentos sobre o autocontrole de crianças. No estudo, um marshmallow era dado para cada criança, a quem eram oferecidas ainda duas opções: ela poderia comer o marsmallow na hora, ou aguardar 15 minutos e ganhar um segundo marshmallow.

É interessante observar como 15 minutos podem parecer décadas para uma criança. Das mais de 600 crianças que participaram do experimento, apenas um terço postergou a recompensa por tempo suficiente para conseguir o segundo marshmallow.

Em acompanhamentos posteriores foi identificado que as crianças que aguardaram tempo suficiente para conseguir o segundo marshmallow apresentaram tendência a ter melhor êxito na vida.

Acho essa experiência sensacional, porque ela traz uma visão muito clara sobre a diferença entre viver pensando apenas no presente e viver levando também em consideração as conquistas que podem vir a longo prazo.

Foco forçado no longo prazo

Existem certas situações em que já estamos habituados a focar no longo prazo, como é o caso dos estudos. Todo o tempo que passamos estudando, desde a alfabetização até o final da faculdade, está puramente focado no longo prazo. Estes anos não refletem realizações imediatas, mas preparações para o futuro.

No caso dos estudos, no entanto, você é forçado a se manter estudando, seja porque os pais mandam, seja porque a sociedade, de certa forma, exige. Nas situações em que não temos nossos pais para nos “forçar”, nem a sociedade para “exigir”, temos nós mesmos que nos responsabilizarmos por entender o impacto de nossas decisões a longo prazo.

E em muitas situações, não damos atenção a isto.

O impacto no longo prazo

O que significa focar no longo prazo? Significa não viver pensando apenas no presente, mas entender que suas ações de hoje refletem quem você será amanhã. Significa entender como o que você faz hoje pode facilitar ou dificultar sua vida no futuro.

Entender o longo prazo é tão bom que “dá dinheiro”! Os bancos, por exemplo, vivem disso. Eles remuneram as pessoas que deixam dinheiro no banco e que optam por aguardar para serem recompensados no longo prazo.

Na outra ponta, eles cobram daquelas pessoas que querem tudo de imediato, que não conseguem aguardar o longo prazo, e pedem empréstimos, estouram o cartão de crédito ou entram no cheque especial.

O retorno do longo prazo no caso do dinheiro é fácil de visualizar, já que ele é numericamente explicitado no banco através das taxas de juros dos empréstimos e dos investimentos. Mesmo assim, muitas pessoas não levam isso em consideração, e vivem pagando muito mais pelos retornos imediatos dos empréstimos.

Impacto difícil de ser identificado

Em outras situações, o retorno do foco no longo prazo não é tão fácil de ser identificado, como acontece no caso dos relacionamentos. Muitas vezes “fugimos” de certas conversas com o parceiro para não nos estressarmos naquele momento (este é o retorno imediato).

Não nos atentamos, contudo, que isto irá apenas atrapalhar o relacionamento mais pra frente, podendo criar uma bola de neve que vai crescendo cada vez que as discussões são postergadas, só para estourar lá na frente, no longo prazo.

Assim que saímos da faculdade, vamos logo atrás de emprego para solucionar um problema imediato de falta de dinheiro. No entanto, essa pode não ser a melhor solução se você pensar no longo prazo! Com essa consciência, algumas pessoas entendem ser melhor passar um tempo trabalhando por pouco dinheiro, ou até mesmo de graça, em troca de experiência e de aprendizado, que importarão em remunerações muito mais expressivas no futuro!

Estudamos enquanto somos forçados a estudar mas, depois da faculdade, não temos mais ninguém que nos diga que temos que continuar estudando. E, mesmo sabendo que o estudo é um dos melhores investimentos de longo prazo – tanto que passamos pelo menos 15 anos da nossa vida fazendo isso -, não temos o costume de continuar estudando após nos formarmos no ensino superior, nem mesmo em menor intensidade (4 horas por semana, por exemplo).

O comum é simplesmente abandonar os estudos de forma definitiva e focar apenas no trabalho. Muitos esquecem, contudo, que a qualidade do trabalho e o crescimento profissional dependem do esforço de cada um em continuar aprendendo, estudando, ampliando o conhecimento pessoal, mesmo que os resultados venham somente a longo prazo.

Aguarde pelo segundo Marshmallow

Sem dúvidas, é importante procurar o equilíbrio entre e o presente e o futuro, não vivendo apenas com a “cabeça nas nuvens”. No entanto, focar no longo prazo é um hábito importante para quem tem grandes realizações em mente!

Estudo, dinheiro, trabalho, relacionamentos… Todas decisões da sua vida podem ser tomadas enxergando o impacto que elas trarão no longo prazo, facilitando – ou dificultando – sua vida, suas realizações, seus objetivos, seus sonhos.

Te recompensando – ou não – com o segundo Marshmallow.

 

Veja abaixo um dos vídeos sobre o estudo das crianças com os marshmallows:

Gostou do post? Compartilhe com quem você acredita possa também se beneficiar dele!

Comente!

Posted in Sonhos and tagged as , , ,

Comments are closed.