Home » Sonhos » Vença o “meio” com motivação!

Vença o “meio” com motivação!

Entre o empolgante “início” e o vibrante “final”, existe um período longo e difícil que tem o grande poder de fazer as pessoas desistirem de seus sonhos, de suas realizações: o “meio”.

vença o meio

A disciplina é uma característica essencial no caminho para a realização dos seus sonhos. Não acredito, no entanto, tratar-se de algo que alguns têm e outros não. Ao meu ver, a disciplina acontece naturalmente quando se está motivado.

O real problema, então, não é desenvolver a disciplina, mas manter a motivação!

O “meio”

Imagine que você tem o objetivo de ler um livro bem grande (por exemplo, a Bíblia), e planeja fazer isto lendo no mínimo 15 minutos por dia. Você acabou de definir seu objetivo e está bastante empolgado.

Na primeira semana você não só cumpre os 15 minutos diários, como vai além, fazendo até 1 hora de leitura em alguns dias! Isto pode acontecer com qualquer objetivo que criamos: quando estamos muito empolgados, fica fácil cumprir metas.

Pule agora para o final, para aquele momento em que faltam poucas páginas para terminar o livro. Você sabe que falta pouco! O limiar do fim te empolga e você, novamente, lê bem mais que os 15 minutos inicialmente planejados, já que ler mais páginas significa alcançar mais rápido seu objetivo!

Entre o começo e o final, dois curtos períodos de grande empolgação, existe o longo, difícil, pesaroso, entediante, desmotivante e chato “meio”. E, apesar disso, o “meio” é o período que faz o projeto acontecer. É ali no “meio”, por mais longo, difícil, pesaroso, entendiante, desmotivante e chato que seja ou pareça ser, que está a maioria das atividades que te levarão a alcançar seu objetivo!

E é também no tal “meio” que os objetivos muitas vezes morrem e as desistências acontecem.

Melhore o “meio”

A diferença entre o “meio” e os outros dois períodos, é que o “início” e o “fim” já são motivantes por natureza. O “meio” não. Assim sendo, é importante encontrar formas de manter a motivação viva enquanto se faz a travessia do empolgante “início” ao vibrante “final”.

Para me manter motivado no difícil e essencial “meio”, utilizo duas técnicas muito interessantes:

1. Ler diariamente os “porquês”

Napoleon Hill, no livro “Pense e Enriqueça”, traz esta sugestão de ler diariamente um texto, escrito por você mesmo, sobre seus objetivos.

Além de manter sua mente atenta para as oportunidades que podem te ajudar, lembrar-se diariamente o porquê de você estar seguindo este caminho é fundamental para manter a motivação viva!

Se você, por exemplo, se motivou a fazer um curso porque ajudaria muito na sua carreira, é crucial manter essa razão na sua mente para não desanimar no “meio” do caminho!

2. Enxergue seu crescimento

Um dos problemas que ocorrem quando se está no “meio” é o sentimento de que muito esforço está sendo feito e pouco resultado alcançado. O que acontece normalmente é que as mudanças que ocorrem no “meio” são, às vezes, imperceptíveis, mas nem por isso menos essenciais no lento caminho para chegar ao “fim”.

É importante entender e visualizar que se está avançando, para saber que o esforço não está sendo feito por nada. Isto pode ser feito a partir de simples gráficos de acompanhamento.

Não desista

A disciplina é essencial para o sucesso. Se você perceber que não está conseguindo manter a disciplina, volte à origem e procure lembrar-se do porquê de tudo aquilo ter começado. Motive-se entendendo o que pode ganhar se continuar fazendo o que deve ser feito, e o que pode perder se parar.

Mantenha a disciplina mantendo, proativamente, a chama da motivação acesa! Não desista!

Gostou do post? Compartilhe com quem você acredita possa também se beneficiar dele!

Comente!

Posted in Sonhos and tagged as , ,
  • Ana Karenina

    Adorei!! Já comecei a por no papel os motivos dos meus objetivos. Texto muito bom! Como disse no meu blog, a felicidade está no caminho e não na chegada. BJos

    • http://rafaeldanigno.com.br/ Rafael Danigno de Paula e Silv

      O difícil é tirar a frase “a felicidade está no caminho e não na chegada” do superficial e vivê-la de verdade! :)

  • Uma Interessante Vida

    Tracei um plano há três anos atrás com 7 metas distintas a serem atingidas, conclui quase todas e faltam duas… mas das duas, uma me deixou “travada” por um certo motivo, sei que se concluir essa meta, a outra tiro de letra. Vou me lembrar disso para fechar todos os objetivos e poder traçar novos.
    http://umainteressantevida.blogspot.com.br/

    • http://rafaeldanigno.com.br/ Rafael Danigno de Paula e Silv

      Só de ter traçado o plano e definido metas você já se diferenciou da maioria! Show!

  • Pingback: A importância do significado | Rafael Danigno()